PSICOLOGIA DAS ACTIVIDADES CORPORAIS

VAYER, Pierre
RONCIN, Charles




Código: ED 048

Coleção: EPIGÉNESE E DESENVOLVIMENTO

Edição: 2000

Editor Original:L'HARMATTAN

ISBN: 978-972-771-298-4



13,19 €

  • Se entendermos por actividades corporais aquelas que se manifestam sob o modo dinâmico, com o único objectivo de se exercer ou de se afirmar enquanto sujeito da sua acção, elas não são o privilégio da infância. Com efeito, cada um de nós sente igualmente, pelo menos em determinados momentos, a necessidade de agir pelo prazer ou para enfrentar algo a fim de nos sentirmos vivos. É por traduzirem a natureza biológica do ser que as actividades corporais são para a criança pequena o início de toda a experiência e de todo o conhecimento. É pela mesma razão que, na criança mais velha, no adolescente e no adulto, elas são o meio de toda a organização das relações face ao mundo e, muito particularmente, das relações sociais. Biologicamente, o motivo e a acção são primeiros, estão na origem de todo o desenvolvimento pessoal, bem como de toda a organização social. Ora, a investigação dos motivos ao nível da criança ou do aluno está no centro das preocupações dos adultos que se ocupam da actividade do sujeito, tendo como projecto favorecer a integração das informações dos conhecimentos, que são a condição da sua acessão ao mundo. Esta investigação dos motivos é igualmente a preocupação dos educadores físicos ou desportivos, isto é, das pessoas que têm o mesmo projecto de aprendizagem e de desenvolvimento, mas através do corpo e da actividade corporal. A psicologia tradicional não oferece grandes respostas aos professores das matérias ditas intelectuais ou ditas físicas. Estas respostas existem e o objectivo desta obra é colocá-las em evidência.
    Close