A EFICÁCIA DA METÁFORA

CONTENÇAS, Paula




Código: ES 134

Área científica: Arte Lietratura E Poetica

Coleção: EPISTEMOLOGIA E SOCIEDADE

Edição: 2000

Editor Original:INSTITUTO PIAGET

ISBN: 978-972-771-196-3



O conhecimento científico, como construção humana, não é independente da linguagem em que é apresentado. As palavras não são neutras em relação aos factos; os termos científicos estão de acordo com as diferentes teorias. Toda a forma de conhecimento humano tende a compreender e a explicar ideias ou fenómenos atribuindo-lhes propriedades que pertencem a um domínio diferente. Por isso, desempenhando a metáfora um papel na inovação e extensão do pensamento, é de admitir que tenha um lugar central no pensamento científico. A filosofia da ciência e a filosofia da linguagem têm vindo a advogar a importância da metáfora no contexto da descoberta, elaboração e comunicação da ciência. A função heurística da metáfora na elaboração de hipóteses e na orientação de procedimentos experimentais tem sido salientada, bem como o seu papel no desenvolvimento e inovação das teorias científicas, reconhecendo-se a sua dimensão cognitiva. A análise da linguagem de uma disciplina científica - a genética - ilustra estas perspetivas teóricas. O discurso da genética está impregnado de muitas expressões metafóricas, apropriadas das linguagens da teoria de informação, cibernética e linguística e que, sendo constitutivas da explicação teórica, se revelaram produtivas para o desenvolvimento do conhecimento científico.

Close