Ler. Pensar. Saber.

Abraçando o desafio de conceber uma escola para um homem multidimensional - simultaneamente biológico, psíquico, social, afetivo e racional – e preocupado com a disponibilização em língua portuguesa do que de 
melhor se escreve na Europa, António Oliveira Cruz, o fundador do Instituto Piaget, deu início em 1988 à publicação de obras ensaísticas assinadas por  grandes pensadores contemporâneos. Assim nascia a Divisão 
Editorial do Instituto Piaget.

Desde a publicação de A Teoria de Piaget e a Educação Pré-Escolar, de Constance Kamii, com a qual se inaugura a coleção «Horizontes Pedagógicos», o projeto assume que não há espaço para um pensamento 
compartimentado. Inspirada pelos conceitos de multiplicidade e complexidade de Edgar Morin, a editora investe na criação de coleções que interagem e se completam entre si. No início dos anos 90, com a Divisão 
Editorial a publicar de forma regular e a participar nas Feiras do Livro de Lisboa e Porto, cada nova edição é já uma peça do todo que ocupa o seu lugar.

E se «Horizontes Pedagógicos» não tarda a alcançar uma preponderância que o próprio nome de Piaget deixava adivinhar, com a profusa publicação de obras de leitura obrigatória para todos aqueles que se 
preocupam com uma melhor educação no futuro, não são de somenos importância as outras 24 distintas coleções que a Divisão Editorial soube construir em torno dessa visão de interdisciplinaridade. Cada uma com 
uma cultura muito própria, um cunho muito especial, agregam mais de 1500 títulos escolhidos a dedo para contribuir para a transmissão de saber a novas gerações e o desenvolvimento cultural e intelectual do país.

Representando autores de inegável notoriedade como Piaget,  Edgar Morin, Jean Louis Le Moigne, Henri Atlan, Alan Touraine, Ilya Prigogine, Michel Serres, Pierre Levy e tantos outros, a Divisão Editorial depressa 
conquistou leitores no mercado nacional. Cumprindo a sua função de editora universitária, apoia o trabalho de professores e alunos nos campi académicos do Instituto Piaget, onde conta com uma rede de livrarias 
próprias, e em diversas outras universidades de todo o país.

No entanto, o seu campo de ação depressa extravasou os meios académicos para penetrar as principais redes de pontos de venda, através dos quais disponibiliza os seus títulos ao público em geral. E para alargar o 
acesso ao seu extenso catálogo, a Divisão Editorial participa anualmente em mais de uma centena de eventos em todo o território nacional, entre feiras do livro, congressos e seminários, contribuindo com as suas 
publicações para o debate de ideias em áreas tão diversas como a Educação, a Filosofia, a Psicologia, o Turismo, a Ecologia, a Economia, as Ciências e a Sustentabilidade, entre muitas outras.

Assumindo-se como ator do enriquecimento cultural também além-fronteiras, as agora Edições Piaget Lda, acompanhando o desenrolar dos projetos do Instituto Piaget e de acordo com uma política de cooperação no espaço da lusofonia, tem vindo a estender a sua atividade ao Brasil, Angola, Moçambique, Guiné e a Cabo Verde, preparando atualmente a sua presença noutros países. Para que amanhã, como hoje e sempre, continue a levar ao Mundo da Língua Portuguesa o que de melhor se pensa e escreve nas mais diversas áreas do saber.


Outros sites do Universo Piaget

Ver mais em www.ipiaget.org

Fechar